terça-feira, agosto 08, 2006

Maré de Azar

Paro na passadeira para dar passagem a uma "peona", quando vou a arrancar sou abalroado por outro carro.
Da parte da tarde vou à seguradora, quando saio apanho um táxi, este avaria junto à rotunda do Marquês de Pombal.
Comigo, não hà carro que resista.

5 comentários:

BB (O.ö) disse...

ou pode-se sempre dizer: "Não há cu que aguente."

=D

babaloud disse...

o cu do corsa não aguentou

Tia Cremilde disse...

e eu a pensar que estas coisas só me aconteciam a mim! Vim retribuir a visitinha... achei este blog muito simpático. sou gaja para cá voltar. faça o mesmo... é sempre benvindo!

beijoca da tia!

Tia Cremilde disse...

adoro a banda sonora de entrada... aqui na catequese de repente fica tudo a olhar para mim com ar de nojo... ahahah! obrigada pelo link... fiz o mesmo!

Mim disse...

Malvada peona.
;)