terça-feira, janeiro 24, 2006

Tristeza

Ao longo destes anos todos, nunca consegui encontrar uma mulher capaz de me ungir o occipital com margarina vegetal e ao mesmo tempo declama as estrofes ímpares dos Lusíadas acabando cada verso com a palavra "botija".
Mas eu sei que ela anda aí...

3 comentários:

Xena disse...

vou-te apresentar umas amigas talentosas...

Pat disse...

se fores "Um homem sensivel, culto, com um curso superior, que soubesse falar várias línguas, que não se importasse de ir às compras e, se possível, alto, loiro e com olhos azuis..." a Xena conhece alguem LOLOLOLOL

Barba Ruiva disse...

és tu xapado!

o carnaval está à porta...